Maria Ivone Vairinho e Poetas Amigos

Outubro 18 2009

 

Já chegou a Primavera,

Veio com ela a poesia.

Veio o sol que se espera

Ao romper de cada dia.


Trouxe flores e passarinhos,

Leitos de água a correr,

Às árvores os rebentinhos

Para seus frutos nascer.


Trouxe alegria e mais cor,

Aos jardins dos namorados.

Trouxe mais carinho e amor

Sonhos de príncipes encantados.


 Trouxe papoilas, malmequeres,

Lírios roxos nos trigais.

Trouxe ao campo afazeres,

Também festas e arraiais.


 Pois assim a Primavera,

Como sempre voltou de novo.

Para dar a quem a espera

A alegria do renovo.


Muito mais nos vai trazer,

Nesta então sua passagem.

Pois de certo não vai esquecer

De dar ao povo nova coragem.


 Já chegou a Primavera,

Que algum tempo irá ficar.

Como sempre o fizera

Quando nos veio visitar.


 Manuel Carreira Rocha

 

Postado por Liliana Josué – Secretária da APP

publicado por cantaresdoespirito às 22:57
editado por mariaivonevairinho em 20/10/2009 às 03:43

Outubro 07 2009

 

A amizade,

É sentir algo de bom de um nosso amigo,

É o abraçar com nossas mãos sem ter maldade.

É perdoarmos a quem gostamos algum castigo,

Para ser fiel e ser leal essa amizade.


 

A amizade é oferecida a quem a merece,

É o ajudar numa conquista à felicidade.

É a verdade para um amigo que se não esquece,

Que compartilha o seu espaço em liberdade.


 

A amizade não se confunde com o amor,

É a verdade que se recebe e que se dá.

Sem olhar à raça, língua ou à cor,

Mas está na mente bem presente quando há.


 

A amizade é tudo isto e muito mais,

É um sentimento que o coração pode mostrar.

É um bem querer diferente dos nossos pais,

Que um amigo, quando amigo nos pode dar.


 

A amizade não se compra, nem se vende,

Ela é no fundo igualmente uma conquista.

De alguém que aparece e nos entende,

E quando se vence jamais sai da nossa vista.


 

A amizade, nasce e cresce na nossa vida,

Quando verdadeira dura sempre, hora a hora.

Mas a amizade se algum dia é traída,

Ela é vencida pelo ódio p’la vida fora.


 

Manuel Carreira Rocha

Postado por Liliana Josué – Secretária da APP


 


 

publicado por cantaresdoespirito às 18:56

Setembro 29 2009


 

Não me chamem coitadinho,

Nem tão pouco aleijadinho

Quando me virem ao passar.

Como outros sou um cidadão,

Deficiente, não digo não

Mas com direito a meu lugar.

Não tenham pena de mim,

Só porque eu nasci assim

Sem ter culpa, podem crer.

Mas com meu corpo com defeitos,

Não estou isento de direitos

De como Humano, também viver.

Posso não ver, mas entendo,

Não ter pernas, mas compreendo

Surdo-mudo, mas sei escrever.

Como outros que andam por aí,

Que não descrevo agora aqui

Que fogem p’ra não me ver.

Não quero ficar esquecido,

Como um trapo envelhecido

Triturado e sem valor.

Quero sim, meu mundo construir,

Minha coragem repartir,

Quer na alegria ou na dor.

Não me chamem coitadinho,

Abram-me sim o caminho

P’ra com os sãos eu chegar.

Pois como todos quero viver,

Na vida meu lugar ter,

Na alegria, no sofrer e no amar.

Por todas estas razões,

Peço apenas condições

P’ra não ser estorvo de alguém.

Porque mesmo deficiente,

Como eu há muita gente

Sem saber o valor que tem.


 

(Dia dos deficientes – 03/12/2008)


 

Manuel Carreira Rocha

Postado por Liliana Josué – Secretária da APP


 


 

publicado por cantaresdoespirito às 00:08

Setembro 23 2009

Ó Pátria

Minha amada onde eu nasci,

País de meus avós e de flores,

Lugar quando chamado então cumpri,

Como antes outros soldados navegadores.

No peito o teu nome trago gravado,

O símbolo do teu escudo sem igual

E o mapa do teu todo a meu lado

Que ensina e nos diz que é Portugal.

Ó Pátria

Meu jardim e meu altar,

De povo Lusitano como eu,

De sol e muito amor, que sabe dar

Sempre presente, o seu passado que não esqueceu.

És tu a minha Pátria, muito minha,

Onde aprendi amar e ser amado,

És tu, para sempre minha rainha

Canto no mundo, que à beira-mar está plantado.

Ó Pátria

Minha amada onde nasci,

País de meus avós e de flores,

Lugar quando chamado então cumpri,

Como antes outros soldados, navegadores.

Foste tu Pátria Mãe, que me deste o ser.

Entre grilos e passarinhos a cantar

É em ti que meu corpo quer morrer

É para ti que meu nome irá ficar.


Manuel Carreira Rocha

Postado por Liliana Josué – Secretária da APP




publicado por cantaresdoespirito às 23:47

Este blogue está aberto aos co-autores e Poetas Amigos de Maria Ivone Vairinho
Setembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


links
pesquisar
 
Tags

11 poemas inéditos de carlos cardoso luí(1)

25 anos app(11)

ada tavares(18)

adriano augusto da costa filho(39)

albertino galvão(11)

albina dias(18)

alfredo martins guedes(2)

ana luísa jesus(4)

ana patacho(3)

anete ferreira(3)

antónio boavida pinheiro(22)

app(5)

armindo fernandes cardoso(3)

bento tiago laneiro(5)

carlos cardoso luís(13)

carlos moreira da silva(2)

carmo vasconcelos(22)

catarina malanho semedo(2)

cecília rodrigues(48)

cláudia borges(8)

dia da mãe(8)

dia da mulher(9)

dia do pai(6)

donzília martins(8)

edite gil(68)

elisa claro vicêncio(4)

euclides cavaco(100)

feliciana maria reis(4)

fernando ramos(20)

fernando reis costa(3)

filipe papança(11)

frances de azevedo(2)

gabriel gonçalves(14)

glória marreiros(20)

graça patrão(6)

helena paz(15)

isabel gouveia(3)

jenny lopes(11)

joão baptista coelho(1)

joão coelho dos santos(7)

joao francisco da silva(4)

joaquim carvalho(3)

joaquim evónio(9)

joaquim sustelo(70)

judite da conceição higino(4)

landa machado(1)

liliana josué(45)

lina céu(5)

luis da mota filipe(7)

manuel carreira rocha(4)

margarida silva(2)

maria amélia carvalho e almeida(6)

maria clotilde moreira(3)

maria emília azevedo(5)

maria emília venda(6)

maria fatima mendonça(2)

maria francília pinheiro(3)

maria ivone vairinho(14)

maria jacinta pereira(3)

maria joão brito de sousa(69)

maria josé fraqueza(5)

maria lourdes rosa alves(4)

maria luisa afonso(4)

maria vitória afonso(8)

mário matta e silva(20)

mavilde lobo costa(22)

milu alves(6)

natal(16)

odete nazário(1)

paulo brito e abreu(6)

pinhal dias(9)

rui pais(8)

santos zoio(2)

sao tome(10)

susana custódio(15)

tito olívio(17)

vanda paz(23)

virginia branco(13)

todas as tags

blogs SAPO